21 de junho de 2024

ZCARNICERIA SPORTBAR

FUTEBOL AO VIVO, RECEITAS E GASTRONOMIA

Relembre 5 rivalidades históricas no MMA

3 min read
fonte https://live.staticflickr.com/1916/43351772050_e21325c6a5_b.jpg

As artes marciais mistas (MMA) têm cativado fãs de todo o mundo com sua mistura de técnicas de combate e rivalidades intensas. Ao longo da história desse esporte espetacular, inúmeras rivalidades memoráveis surgiram, incendiando arenas e telas de televisão.

Estas rivalidades não apenas elevaram o nível da competição, mas também se tornaram parte indissociável da cultura do MMA. O maior evento do mundo no esporte, o UFC, é um exemplo claro de que alimentar grandes rivalidades entre lutadores é capaz de alçar a popularidade do MMA para níveis estratosféricos. Basta olhar a última luta entre o brasileiro Alex Poatan Pereira contra Israel Adesanya, os dois atletas tinham um histórico longo de confrontos. A luta final entre eles bateu recordes de audiência no Pay-per-view e em plataformas de apostas esportivas. Por falar em apostas, sites do segmento como o https://br.netbet.com/ registraram uma grande quantidade de acessos nesse evento.

Portanto, sabendo que a rivalidade é um combustível importante para esse esporte, selecionamos os 5 maiores antagonismos entre lutadores na história do MMA. Confira a lista:

Rampage Jackson vs Wanderlei Silva

Antes do reinado soberano do UFC dentro do esporte, havia um grande evento no Japão, o Pride. Nele, vários nomes importantes tiveram momentos grandiosos e protagonizaram grandes embates. Entre eles, o americano Quinton “Rampage” Jackson e o brasileiro Wanderlei Silva. Encaradas agressivas e lutas de tirar o fôlego, fizeram dessa rivalidade uma das maiores do esporte.

Matt Hughes vs Georges St-Pierre

No mundo do MMA, nem todas as rivalidades são alimentadas pelo ódio. Em algumas ocasiões, as rivalidades mais marcantes nos esportes dizem respeito à habilidade e ao entretenimento, em vez de rancores pessoais. Isso é evidente no caso da rivalidade entre Georges St-Pierre e Matt Hughes.

Hughes ingressou no UFC em 1999, durante o UFC 22, conquistando o cinturão em 2001 e o defendendo com sucesso por cinco vezes. Quando a oportunidade de reconquistar o título surgiu, seu adversário era um jovem talentoso do Canadá chamado Georges St-Pierre. Eles se enfrentaram por 3 vezes, com duas vitórias do canadense, contra uma de Hughes.

Ken Shamrock vs Royce Gracie

Essa rivalidade nos leva até o início do MMA, mais especificamente, o primeiro evento do UFC. Nele, cada lutador representava um estilo marcial diferente tentando provar, através do combate direto, qual estio seria mais eficiente. Foi nesse contexto que o brasileiro Royce Gracie, representando o Jiu-Jitsu da lendária família Gracie, encontrou na final o americano Ken Shamrock, que representava o shootfighting. Apesar de ser mais pesado e mais forte, Shamrock não contava com a eficiência do Gracie Jiu-Jitsu e Royce venceu rapidamente a luta. Isso só serviu para deixar as coisas ainda mais acirradas entre os dois, que se enfrentariam de novo no UFC 5, onde a luta acabou empatada.

Anderson Silva vs Chael Sonnen

fonte https://live.staticflickr.com/5092/5420417151_989eee2e7f_z.jpg

O brasileiro Anderson Silva reinava tranquilo na divisão dos pesos médios do UFC até encontrar Chael Sonnen. O falastrão americano desferiu palavras fortes contra Anderson, chegando até mesmo a mencionar membros da família do atleta brasileiro. No primeiro embate entre os dois, no UFC 117, Sonnen começou com tudo e fez uma luta quase perfeita até o último round, no entanto, se descuidou e foi pego em um triângulo (estrangulamento) por Anderson. Como resultado, o brasileiro manteve o cinturão e uma nova luta ente os dois foi marcada. No segundo confronto, Anderson venceu com facilidade por nocaute técnico.

Khabib Nurmagomedov vs Conor McGregor

Diferente de outras rivalidades, não houve uma segunda luta entre esses dois atletas, mas isso definitivamente não significa que a rivalidade tenha sido menos intensa. Khabib e Conor chegaram para o UFC 223 com ânimos a flor da pele. No “Media Day”, evento que promove as lutas do UFC, houve um ataque de Conor e seus amigos contra o ônibus do staff de Khabib. Esse fato despertou a ira do lutador russo, que deu uma surra em McGregor. Após o confronto, houve uma briga generalizada entre as duas equipes dos lutadores, fato que quase fez com que Khabib acabasse preso no local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *