19 de abril de 2024

ZCARNICERIA SPORTBAR

FUTEBOL AO VIVO, RECEITAS E GASTRONOMIA

MP da Espanha pede pena de 2 anos e meio a Rubiales por beijo e suposta coação a Jenni Hermoso

2 min read

Por FI

Campinas, SP, 27 – O Ministério Público da Espanha anunciou, nesta quarta-feira, o pedido de dois anos e meio de prisão para o ex-presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luiz Rubiales, pelos crimes de agressão e coação sexual no caso do beijo não consentido na jogadora Jenni Hermoso, após a final da Copa do Mundo do ano passado em Sydney.

De acordo com informações do jornal espanhol Marca, as conclusões enviadas pelo Ministério Público ao Tribunal Nacional constam ainda a solicitação de cumprimento de pena de um ano e meio de prisão para mais três pessoas.

O ex-técnico da seleção feminina Jorge Vilda, o ex-diretor de marketing da federação Rubén Rivera e o diretor da seleção masculina Albert Luque, que estão sendo acusados por crime de coação.

Além da pena de prisão, a promotoria pede ainda que Rubiales seja proibido de cumprir qualquer função na área esportiva enquanto a pena estiver vigente e que ele seja colocado em liberdade condicional por dois anos.

A extensão do pedido visa ainda vetar qualquer tipo de comunicação de Rubiales com a jogadora e ainda a proibição de se aproximar de Jenni Hermoso em um raio de 200 metros pelo período de quatro anos.

O caso, que vem sendo apreciado por um juiz do Tribunal Nacional, corre à margem de uma uma investigação: a dos contatos da Real Federação Espanhola de Futebol, como o da transferência da realização da Supercopa da Espanha para a Arábia Saudita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *